Prefeitura do Rio cadastra app próprio de táxi

0

Clientes poderão pagar com cartão de crédito e débito.
Corrida poderá ser monitorada virtualmente e avaliada ao final.

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), começou, na última  segunda-feira, a cadastrar aplicativos que agendem serviços de táxi. O intuito é tornar a atividade mais ágil e segura.

Além disso, os usuários poderão solicitar corridas virtualmente e realizarem pagamentos com cartões de crédito ou débito. A previsão é que o serviço esteja disponível à população até a Olimpíada.

A SMTR terá o controle das informações prestadas pelos profissionais e clientes, terá  avaliação da corrida realizada pelo usuário e eventuais comentários, críticas e reclamações. E caso haja algum problema durante a prestação do serviço, a secretaria poderá tomar as atitudes cabíveis baseada nas informações registradas.

Qualquer empresa que opere aplicativos de táxi regulamentados pode se cadastrar, entretanto, para serem homologados pela Prefeitura, os aplicativos deverão aceitar pagamento eletrônico, identificar o motorista com foto, o modelo do veículo e número da placa, além de utilizar mapas digitais para que o trajeto possa ser monitorado em tempo real.

As empresas deverão, ainda, fornecer dados georreferenciados (com origem e destino) das corridas, hora do embarque, tempo total da viagem e distância percorrida, valor pago, além da avaliação da corrida realizada pelo usuário.

Ao final da corrida, o passageiro receberá um recibo eletrônico emitido com os dados da viagem. As informações serão encaminhadas para a Secretaria Municipal de Transportes, que é responsável pela regulamentação e fiscalização do serviço de táxis na cidade.

 

Compartilhar.

Sobre o Autor

Deixe uma resposta