SOBRE O PROJETO DE LEI EM BRASILIA, VOTAR OU NÃO VOTAR

0

 

Primeiramente, entender que o projeto não foi votado, por nenhuma articulação maliciosa, influencia de propinas ou marcação cerrada ao taxistas, até porque, parece que nosso problema não é tão prioridade assim naquela casa de leis.

Somo respeitados sim, a pressão exercida por milhares de taxistas foi válida, movimentou o Congresso nacional, mas a VERDADEIRA RAZÃO PARA NÃO VOTAR, foi a MP – Medida Provisória da Educação.

O acordo é que na segunda feira, apesar de não ser um dia de sessão, os deputados votem o final do texto e os destaques (emendas) na Medida Provisória e ai sim votem nosso REQUERIMENTO DE URGÊNCIA.

Se tudo der certo, na terça feira, haverá votação do projeto.

Daí, o PL aprovado poderá seguir ao Senado Federal, e se aprovado, irá para sanção presidencial.

Exatamente neste ponto que esta semana disparei uma colocação, será que vale a pena votar nesta semana?

VALE A PENA VOTAR ESTE ANO?

Acredito que não, porque não irá produzir nenhum efeito prático em nossas vidas esse ano.

Se deixarmos para votar ano que vem, teremos a vantagem de debater amplamente e melhorar a redação. Não há dúvidas que a máxima de que a “pressa é inimiga da perfeição ” se aplica a este caso concreto.

Ao dar está opinião , um amigo me disse que eu estou sendo ousado e corajoso, pois sabemos que as decisões no sistema de táxi, nem sempre são tomadas com assertividade, mas com base no “populismo” , tendo em vista que a maioria das pessoas não compreendem bem a matéria e se aventuram a dar sua opinião na base do “eu acho”.

O texto irá regulamentar os serviços como o Uber, e trata o táxi como publico, sabe porque? Não porque o táxi e público, mas porque o Uber é privado…

Ou seja, ao assumir a posição de publico (coisa essa que lutamos para mudar e chamar de “utilidade pública ” ) , será jogado fora agora, porque não podemos desagradar a opinião dos taxistas que através das redes sociais , chamaram de vendido ou pelego qualquer um que tentar fazer a coisa certa .

Não estamos perdendo essa batalha para o Uber, mas sim par nós mesmos !

Boa sorte a todos, que Deus nos proteja de uma futura licitação e que o Uber ou outra empresa não compre as outorgas das Prefeitura como foi feito no Canadá , se não me falha a memória.

Fica aqui o meu registro, para no futuro não dizer que ninguém avisou.

Tudo que acontece hoje, eu havia avisado a mais de dois anos , mas infelizmente a reação foi a mesma de que era acontecendo agora.

Por vezes me sinto o “Noah (Noé) daquela história do dilúvio…. kkkkk mas fazer o que ?

Publicado  por André do Táxi (André de Oliveira)

 

Compartilhar.

Sobre o Autor

Deixe uma resposta